Em reformas

Untitled

Em mais uma dessas arrumações e faxinas que fazemos nos finais de semana,me dei conta de como o meu quarto estava bagunçado,eram coisas empilhadas,papéis espalhados,prateleiras desorganizadas e até as regatas estavam na gaveta de calças jeans.
Por apenas um momento,deixei de lado oque estava fazendo,e fiz uma outra revisão,dessa vez dentro de mim. Eu percebi o quanto eu tenho acumulado coisas desnecessárias, o quanto tenho deixado uma pilha de sentimentos e histórias sem ''lavar'' na piá que se tornou o meu coração.

Dizem que o nosso cantinho é o reflexo de como estamos no momento,sendo assim,estou oficialmente uma bagunça,tá eu sei,tudo isso soa muito clichê,mas é a pura realidade,ando dando prioridades a tantas outras coisas,antes elas fossem coisas relacionadas a mim,porém não são. 

Me preocupo tanto com os problemas alheios,me preocupo com as pessoas que gosto e estão perto de mim,e até das que já não fazem parte da minha vida,e se alguém não tiver problema nenhum a ser resolvido,talvez eu crie apenas pra manter a rotina.
Esse é o problema em querer o bem das pessoas, e ser tão apegadas a elas,eu já fui um pouco pior,mas venho mudado essa minha mania,mas assim como todo pequeno vício,vai levar um tempo para que eu esteja totalmente sóbria.

Talvez essa seja a minha rota de fuga,me importar com as coisas que acontecem a minha volta, e esquecer da bagunça que tem dentro de mim. Estou fazendo tudo errado,as coisas não mudam de fora-para-dentro,e sim o contrário.
Certa vez em um filme,desses em que o bem precisa derrotar o mal,um velho sábio disse: ''Para derrotar as trevas, é necessário derrotar as trevas dentro de você'',e sabe é isso mesmo,preciso reciclar todo esse lixo,ajeitar algumas coisas,talvez mudar a decoração do meu coração.

Não posso ajudar ninguém,sem me ajudar primeiro,eu não quero esquecer das coisas que passei,nem das pessoas que amei. Elas acrescentaram um capítulo a mais ao livro da minha vida,e me ensinaram coisas importantíssimas.
Apesar da dor e de algumas lembranças ruins,preciso seguir em frente,jogar fora oque não serve mais,e guardar na caixinha de coisas boas(é eu tenho uma),o que realmente valeu a pena.

Depois de toda essa reflexão,algumas coisas estão mais ajeitadas e um tanto quanto mais leves. Não posso dizer que  as coisas dentro de mim estão completamente perfeitas,algumas paredes precisam ser pintadas,e estou precisando de um vaso de flores novo,mas nesse exato momento estou em uma nova fase da minha vida,passei de lar abandonado para ''em reformas''.

2 comentários:

  1. Sei exatamente o que é isso... Só não sou tão disposta quanto vc para me arrumar hehe'
    Um dia eu tento... Até lá, vou dando meu jeitinho :)
    E vc, continue assim! Está no caminho certo por onde se deve levar a vida ;)
    bjin =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, essas coisas levam um tempo, e com certeza exigem dedicação e vontade de limpar toda essa bagunça,vai dando o seu jeitinho que um dia a senhorita chega lá.
      Pode deixar, vou tentar continuar assim hehe.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...