Livros que inspiram: Nostalgia


Oi amores,já fazia (bassstante) tempo que eu queria postar aqui no blog algo nostálgico,que me fizesse voltar ao centro de tudo, quando ler livros com ilustrações era indiscutível e que um beijo "fofinho", era excepcional.É claro que eu encontrava tudo isso em filmes,mas nada igual quando eu descobri os livros.Eu sei que assim como eu, muito de vocês leram livros que ainda hoje,traz saudades.Então resolvi fazer um top 5 de livros que marcaram a minha infância, e provavelmente,a de vocês também.É claro que outros de vocês, podem nem nunca terem chegado a lê-los mas, nunca é tarde para voltar a ser criança não é mesmo?

 Top 5: O menino maluquinho.

O livro não poderia ser de ninguém mais, ninguém menos do que Ziraldo Alvos Pinto,mais conhecido como Ziraldo.O livro foi lançado em 1980,considerado um clássico da literatura infanto-juvenil,consagrando a carreira literária de seu criador, que além de escritor, é desenhista e cartunista.

















O livro conta a história do Menino Maluquinho,que sendo muito arteiro, bagunceiro, escritor de poemas,versos e histórias, leva uma vida um tanto que muito feliz com suas traquinagens e invenções.Ele tem o que chamamos de "cabeça na lua",mas apesar dos pesares, é apenas uma criança excêntrica e criativa.
Eu ainda me lembro de ler e reler o livro e incansavelmente me surpreender com cada frase que nele continha.Eu amava cada detalhe na história e amava tanto que até hoje posso recitar algumas frases sem nem mesmo piscar os olhos.
O livro,na minha concepção, não é para o público infantil,pois mesmo assim "grande" ( eu sou baixinha, então o "grande" é no sentido figurado) consigo me deliciar imensamente com a história deste garoto travesso.

 Top 4: O Senhor dos Ladrões.

O Senhor dos Ladrões (Herr der Diebe) ou The Thief Lord,em inglês, é um livro muito divertido e surpreendente da escritora alemã Cornelia Funke, que é best-seller em diversos países,tendo assim, milhares de admiradores (inclusive eu,é claro).O livro é tão fantástico que acabou por ter uma adaptação nos cinemas, no ano de 2006,dirigido por Richard Claus.






























O livro conta a história de um detetive que é contratado para achar dois garotos fujões, Bo e Próspero (nunca mais reclame de seu nome) pelas ruas de Veneza.Mas como é que esses garotos foram parar em Veneza?Como é que eles estão sobrevivendo num tempo tão frio como o que está fazendo por lá? São esses tipos de perguntas intrigantes e divertidas que nos levam à um mistério maior ainda: Quem é o Senhor dos Ladrões e o que ele tem de ligação com esses garotos?Eu sei, confesso que estou sendo um pouquinho má com a curiosidade de vocês,mas para poder mata-la, basta ler o livro!Asseguro que você não irá se arrepender!

Top 3: Matilda

O livro Matilda  foi publicado em 1988 e escrito por Roald Dahl,escritor da obra famosíssima  A Fantástica Fabrica de Chocolate,que ainda nos dias de hoje, fazem muitas pessoas chorarem ou  sentirem aquele  cheirinho bom de infância > aka uma dessas pessoas.Já em 1996, ele ganhou uma adaptação para o cinema, a qual eu amo muito mesmo, de paixão.




Acredito que a maioria das pessoas conhecem o livro a partir do filme,assim como eu,mas logo aviso que o encanto é o mesmo.Matilda é uma dessas pessoinhas pequenininhas e fofinhas que não podemos deixar de amar.Ela apenas com um ano de idade já sabia falar e aos 4,além de saber ler, descobriu como ir e vir de uma biblioteca sozinha, desde que seus pais não se importavam muito com ela, que dirá o seu gosto pela leitura.Os seus pais, Sr. e Sra. Losna, eram pessoas mal educadas, capitalistas e que apenas se importavam,por assim dizer, com o seu primeiro filho,deixando a pequena Matilda,desde um bebê, á mercê de si mesma.
E por causa de sua família conturbada, e a falta de atenção que recebia, ela desenvolveu o seu enorme gosto pela leitura.Imagino eu, uma forma de conforto e de não se sentir sozinha.E como se toda essa sua vida triste não bastasse, quando ela conseguiu finalmente estudar (coisa que Matilda queria imensamente), ela descobriu que a crueldade existia também,fora da sua casa.Eu não vou contar muito mais,para não acabar dando spoilers, pois o meu objetivo aqui é fazer com que você,leitor,tenha um interesse ainda maior pela leitura.
Mas não vá pensando que a vida da Matilda fica ruim para sempre.Em seu trajeto, ela acaba por encontrar amigos de verdade e uma professora mega simpática e amorosa,diferente de quase tudo que ela conheceu não é?E imagina ter super-poderes? Ual!!

Top 2: Alice no País das Maravilhas.

Alice's Adventures in Wonderland ou mais conhecido como Alice in Wonderland é uma obra de Charles Lutwidge Dogson,sob o pseudônimo Lewis Carrol,publicada em 1865.A história originalmente se fez quando durante um passeio,Charles Lutwidge,para entreter as três irmãs Liddel (uma delas chamada Alice),criou a história,de improviso.Porém,visto que sua história não era apenas um "rabisco", influenciado por amigos e principalmente pelo seu mentor,George MacDonald,escritor de literatura infantil,Charles Lutwidge Dogson,resolveu aprimora-la para logo depois,publica-la.Os personagens,o enredo, e toda a história,assim como o trajeto para que pudessem publica-la, é muito mágico e interessante.O que proporcionou em mim um interesse ainda maior pela historia.

disney tumblr - Google Search

Alice,a protagonista da história,é uma garotinha muito corajosa,amiga,racional, linda (não tem como parar) loirinha de cabelos longos e sedosos que ao cair em um buraco, entra num mundo que por um lado é mágico e lindo,assim como cruel e muitas vezes assustador ( não muito diferente do nosso mundinho não é?).A verdade é que é impossível não acabar se encantando com a bondade e compassividade de Alice por seus amigos, e até mesmo os mais excêntricos, e para com sigo mesma.Eu sou uma boba apaixonada pela história, assim pela adaptação ao cinema, em 2010, por Tim Burton.Quem aí nunca desejou ser a Alice pelo menos uma vez na vida? o/


Top 1: Le Petit Prince
Le Petit Prince, ou O Pequeno Príncipe,em português, foi publicado em 1943 nos Estados Unidos,obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, também ilustrador das obras originais.É a terceira obra literária mais traduzida no mundo.O livro teve adaptação para musicais e uma serie de desenhos animados, As Aventuras do Pequeno Príncipe.


Na minha humilde opinião, Le Petit Prince, é o livro de literatura infantil mais poética que se pode ter.Eu não sei explicar,é como se eu me visse comendo bolo de chocolate ou assistindo desenhos animados bem cedinho.Apenas o título, já me remete à infância.O livro começa quando o personagem principal fala sobre um desenho que ele fez quando tinha 6 anos, um desenho peculiar, que causou na criança um desapontamento quando todos os adultos diziam que a obra se tratava de um chapéu, quando na verdade era uma jiboia que havia engolido um elefante.Desde este momento, o pobre garoto deixou de lado o sonho de ser pintor e decidiu ser piloto.
No decorrer da história,descobrimos e conhecemos muito mais sobre o Pequeno Príncipe e o seu coração cheio de amor e bondade.No planeta do menino, existia uma flor formosa e também, orgulhosa, e foi o  orgulho da rosa que acabou por trazer O Pequeno Príncipe para a Terra.Eu realmente queria poder contar mais sobre essa história que mora em meu coração, e acredito eu, no de vários de vocês, mas não quero perder a oportunidade de deixar com que os que ainda não leram, o fazer.Eu sei, eu sei que o livro é literatura infantil, mas eu garanto á vocês que os ensinamentos que nele contém são para todos.É impossível ler esse pequeno sonho sem se emocionar.É com muita felicidade que trago esse pedacinho de mim e de muitos para este pequeno espaço de amor.
O livro acaba por nos levar á uma reflexão de nossos atos e de tudo o que nos cerca.Acabamos por rever nossos valores e amores, pois,como já diz no livro, "O essencial é invisível aos olhos".



Espero que tenham gostado dessa pequena listinha de livros que me fazem pensar em quão boa a infância é.As vezes,quando estamos cheios de trabalhos e compromissos e nos vemos estressados,é quando realmente damos valor ao o que a infância nos proporcionara.E mesmo os que não podem dizer que sua infância fora de toda boa, sempre tem algo, um momento, uma pessoa e até mesmo um livro, que te fazem pensar "valeu a pena".
Mil beijos.




2 comentários:

  1. Eu me sinto quase estúpida por só ter lido O Pequeno Príncipe, e assistido o filme da Matilda, ao invés de lê-lo =/
    Mas achei bem bacana as indicações, sei que vai haver gente que provavelmente já leu tudo.

    Identidade Aleatória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah não se sinta!Ainda há muuuuito tempo para você poder ler todos <3 Fico feliz que tenha gostado das indicações!
      Beijos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...