As teorias de Summer: Entre uma gripe e outra

Paris — Roost

Esses dias parei para pensar,ok eu sei...na verdade me perco em pensamentos quase sempre,talvez seja uma forma de meditação,mas existem momentos que simplesmente me roubam as palavras e me fazem pensar no quanto somos mesquinhos. Passamos a vida inteira reclamando de tudo,de como está frio,quente,reclamamos do quanto o trânsito está lento,de como tal pessoa te olhou na rua ou se comportou no trabalho,reclamamos do quanto estamos gordos ou magros demais, e no final do dia começamos a falar do quanto estamos cansados e na manhã seguinte fazemos tudo de novo, e assim continuamos nesse ciclo vicioso.

Mas será que se parássemos um pouco,um minuto apenas para agradecer ou simplesmente ficar em silêncio e aproveitar o simples fato de estarmos vivos  já não nos tiraria um pouco do peso de nossas costas?!. Eu nunca parei para pensar no quanto sou abençoada até hoje,assim como qualquer outra pessoa também reclamei por coisas bobas e outras nem tão bobas assim, mas a verdade é que existe algo muito bom atrás de cada curva de sua vida. Eu posso estar com as pessoas que amo, sonhar e fazer oque gosto,e apesar de uma gripe e outra,ainda assim eu tenho muita saúde, e se isso não é ter muita sorte nessa vida com certeza já não sei de mais nada.

Oras,agora vocês me perguntam o motivo de eu ter contado tudo isso,pois bem, não se desesperem pois irei contar. Todos esses pensamentos cresceram quando eu estava passando em uma rua movimentada onde folhas cairam em cima de mim como se estivessem perfeitamente ensaiadas para uma apresentação de dança,eu encontrei um rapaz me fez uma gentileza e   uma árvore com folhas azuladas. Nesse momento eu entendi,que apesar de tudo,quando você presta atenção nos intervalos da vida vai acabar descobrindo que,ainda existem pessoas boas,casais que se amam e planejam um casamento no campo,passáros que cantam na sua janela,flores raras,cobradores de ônibus que saem para ajudar um idoso com as compras,pessoas que retribuem gentilezas e que alguém,no meio dessa loucura toda, enquanto você reclama,simplesmente vive.


2 comentários:

  1. Sábias palavras!
    Se não apreciarmos o que a vida nos oferece de bom, quem apreciará por nós?
    O tempo é curto... E bem, a vida também...
    Summer, Summer, cada vez mais sábia perdida em seus pensamentos :)
    bjs, Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo é curtíssimo com certeza...Summer me surpreende a cada dia também,essa moça até que sabe das coisas hehe.
      Um beijo Alice.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...