As Teorias de Summer: Quando me tornei ruína.

Cléo-Nikita Thomasson - Photography - Oh les filles
Desde pequena sempre achei que precisava fazer muito, me doar demais, ser boa em qualquer coisa que eu fizesse, que precisava me importar com o que as pessoas pensavam de mim e talvez assim eu teria atenção e o reconhecimento necessário para me sentir realizada como ser humano. Quando somos crianças essas metas parecem bobas, mas depois de colocarmos tijolo por tijolo em nossa própria construção, quando nos damos conta, simplesmente construímos um castelo com paredes e decorações baseadas em conceitos errados sobre si mesmo, e desconstruir todo esse monumento leva tempo e digamos, que é um processo doloroso demais. Quem quer arruinar o próprio castelo, mesmo sabendo que viverá nele se sentindo sozinha? apresentar uma construção ''perfeita'' vale muito mais a pena e chama muito mais a atenção, do que ter uma simples cabana no campo não é mesmo?. Mas quando a base não é forte o suficiente, você acaba se tornando uma construção condenada, podemos disfarçar rebocando uma parede ou outra, colocando um quadro surrealista para encobrir as rachaduras que estão aparecendo mas todo esse trabalho será em vão, no final por mais duro que seja, acabará entendo que a única forma de sobrevivência é abandonar o monumento que um dia erroneamente você chamou de lar.

Precisei chegar a um estado crítico para perceber que eu era quem estava fazendo mal a mim mesma. Claro que é muito mais fácil culpar quem te vendeu os materiais errados e de má qualidade ou quem te ajudou na obra, mas a única pessoa que aceitou tudo o que vinha sem questionar nada foi eu mesma e coube a mim tomar uma decisão que mudaria tudo.

Não adiantaria nada eu carregar os móveis, ou os quadros que estavam dentro da casa, o único modo seria implodir,pois assim tudo viria a baixo e os estilhaços não acertariam a mais ninguém, apenas a mim. Me ver implodindo foi doloroso, a cena se passou em câmera lenta,pois vi anos de padrões errados se dissolvendo... na verdade foi mais doloroso encarar e ter a consciência de que eu nem sabia quem eu era realmente. Depois de um estado catatônico eu pude refletir melhor e dar pequenos para longe dos destroços.

Eu precisei me tornar ruína para entender que esse é o melhor passo para a restauração. Não possuo mais castelo nenhum e os materiais que me sobraram para a reconstrução são muito poucos, mas apesar de tudo isso parecer ruim,finalmente eu entendi o que Sherlock Holmes quis dizer com a frase: ''Elementar meu caro Watson, a felicidade está no lugar que nem pensamos em procurar, dentro de nós mesmos. Por isso a complexidade. Poucas pessoas têm coragem de voltar-se para dentro delas mesmas. É complicado demais encarar-se. Mas quer um conselho? Você só será feliz quando decidir viver a partir do que você acredita, e não na vã necessidade de impressionar os outros.''

Temos tantos medo de nos conhecer-mos que acabamos construindo paredes para que os outros se impressionem e nos façam felizes. Nós só precisamos enxergar que possuímos força o suficiente para seguirmos em frente e que quando estivermos apenas vestidos de nossa essência, saberemos finalmente o que é ter um lar que abrigue sua própria alma. A felicidade bate a porta de quem se torna ruína e está disposto a viver apenas consigo mesmo.


6 comentários:

  1. What beautiful Tattoos!!! Hope you’re having a great Saturday,
    Bethany x

    bethanygraceo.blogspot.dk

    Do pop over to my blog, if you fancy of course, and tell me what you think!

    ResponderExcluir
  2. Que doçura o seu blog! Estou seguindo (e apaixonada).

    Beijos! http://butterflyresearcher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina que amor, muito obrigada pelo carinho e sinta-se a vontade por que o cantinho é teu também, volte sempre que quiser. Um xêro.

      Excluir
  3. Great post! thanks for sharing:) Do you want to support each others blog by following each other? Please let me know so I can follow you right back:)

    xoxo
    www.theclosetelf.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...